Notícias

Reflexões e contribuições sobre a Língua Portuguesa em livros

22 de junho de 2017

“A língua e a árvore: uma herança com chão e tempo” e “Palavras herdadas: sobre o Português como língua de herança” são os títulos das obras que a escritora e imortal Sonia Almeida lança hoje à noite, às 19h, na Academia Maranhense de Letras.

Sônia Almeida fará dois lançamentos hoje (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS- Duas obras de relevância ganham destaque hoje no plenário da Academia Maranhense de Letras (AML). A imortal Sônia Almeida, titular da cadeira de número 20, lançará, às 19h, as obras “A língua e a árvore: uma herança com chão e tempo” e “Palavras herdadas: sobre o Português como Língua de Herança”. As duas serão lançadas também em Brasília, em agosto, por ocasião do I Congresso Mundial de Línguas de Herança. E no Consulado Geral do Brasil na Alemanha, em setembro.

No segundo título, Sônia Almeida divide a autoria com Andréa Menescal Heath, que desde 2014 colabora com o Núcleo Internacional de Pesquisa em Multilinguismo da Universidade de Munique. O livro tem cunho científico e é fruto de pesquisa realizada pela autora sobre o ensino de Português fora do Brasil, quando fez pós-doutorado na Ruhr Universitat Bochum (Alemanha).

Sobre “A língua e a árvore: uma herança com chão e tempo”, a escritora explica que se trata de uma metáfora criada para ler a língua (Português brasileiro) por meio da árvore, que guarda também o chão e o tempo na estrutura. “Foi nessa procura do conceito de língua que as lições se expuseram diante de mim, pelas visões do jardim: porque encontrei árvores na mesma árvore e vi línguas na mesma língua, com possibilidades de tradução dentro do que é o mesmo”, escreve a autora, na página 22.

O livro, dividido em 12 capítulos, traz um texto leve, criativo e rico em metáforas, usadas para explicar suas observações e conclusões sobre as nuances da Língua Portuguesa. “Quando pensamos no ensino de Língua Portuguesa, no sentido das interferências do tempo e do lugar dentro da estrutura, deduzimos que, se a árvore varia e permanece árvore, a língua também”, escreve, na página 35, finalizando a obra com poemas e prosas, todos analisados com base nas marcas do chão que a estrutura sinaliza.

O título “Palavras herdadas: sobre o Português como Língua de Herança” é dividido em duas partes, sendo a primeira com textos de Andréa Menescal Heath (brasileira radicada em Munique), que tem uma experiência familiar com educação bilíngüe e é uma das líderes do movimento “Herança” no mundo. As duas se conheceram no II Simpósio Europeu de Português como Língua de Herança, na Alemanha. Foi a partir daí que surgiu a idéia do livro.

Conforme Sônia Almeida, o movimento do Português como Língua de Herança é recente e data oficialmente de 2012, iniciado por brasileiros imigrantes, que sentiram a necessidade de dividir as conseqüências de estarem fora do Brasil e se verem com a identidade comprometida pelo ressecamento das raízes brasileiras. “São crianças que perdem a fluência no Português brasileiro, adultos que passam pela mesma dificuldade, inclusive vendo a diferença de elas interagirem no Brasil.

Sobre as autoras

Sônia Almeida é graduada em Letras pela Universidade Federal do Maranhão, é doutora em Educação pela Faculdade de Educação da USP. Tem pós-doutorado pela Ruhr Universitat Bochum (Alemanha), sob a supervisão do professor titular doutor Roger Friedlein, com o apoio da Fapema, sobre ensino de Português fora do Brasil, com ênfase no Português como Língua de Herança. É professora permanente do Mestrado em Letras da UFMA. É membro do Conselho Estadual de Educação do Maranhão e poeta. Tem publicações poético-literárias e científicas.

Andréa Menescal Heath é formada em Relações Internacionais com especialização em Cooperação Intermacional pela Universidade de Brasília. Na Alemanha, desde 2002, tem se dedicado a projetos sobre bilinguismo e ao desenvolvimento do Português como Língua de Herança. É criadora e coordenadora da Mala de Herança, um projeto de ensino e fortalecimento do Português como Língua de Herança e co-criadora do Centro de Informação e Apoio sobre educação Bilíngue.

Serviço

O quê

Lançamento das obras “A língua e a árvore: uma herança com chão e tempo” e “Palavras herdadas: sobre o Português como língua de herança”

Quando

Hoje, às 19h

Onde

Academia Maranhense de Letras (Rua da Paz)