Notícias

Gonçalves Dias exaltado em evento da Academia Maranhense de Letras

9 de agosto de 2019

Nascimento do poeta, em 10 de agosto, será lembrado com evento na praça que leva o seu nome com declamação de poesias, homenagens e música

São Luís – Para celebrar o nascimento do poeta maranhense Gonçalves Dias – 10 de agosto de 1823 – A Academia Maranhense de Letras (AML) realizará hoje, às 17h, na praça que homenageia o escritor, no Centro de São Luís, um evento que vai reunir imortais da Casa de Antônio Lobo, estudantes e apreciadores da obra do autor de “Canção do Exílio”. A solenidade, aberta ao público, terá na programação declamação de poemas, exaltação à vida e obra do homenageado e outras ações artísticas com a presença da Banda do Bom Menino.

A data de nascimento do poeta maranhense, que é patrono da Casa de Antônio Lobo, coincide com a fundação da AML. “Esta homenagem é uma ação que a Academia realizava no passado e que por um tempo deixou de ocorrer mas que, desde que assumimos a presidência, regatamos. Trata-se de um reconhecimento não apenas pelo fato de Gonçalves Dias ser o patrono da nossa instituição, mas pelo grande vulto literário que ele foi e pelo que sua obra representa para o Brasil”, diz o presidente da Academia Maranhense de Letras, Benedito Buzar.

Durante as homenagens, os imortais da AML evocarão passagens da vida e obra do escritor e também declamarão poesias. “Teremos a participação de alunos e professores de escolas próximas à praça, além dos acadêmicos e da comunidade e, geral que comparecem para reverenciar o poeta e relembrar sua importância”, ressalta Benedito Buzar

Ele explica que a ação também tem como objetivo incentivar jovens e moradores da cidade a reconhecerem os vultos da cultura do Maranhão. Além dos integrantes da AML, a palavra estará aberta a quem desejar se manifestar e também fazer suas homenagens.

O poeta brasileiro Gonçalves Dias nasceu em Caxias (MA) em 10 de agosto de 1823. Foi poeta, professor, crítico de história e etnólogo. Faleceu em naufrágio, no Maixio dos Atins (MA), em 3 de novembro de 1864. É o patrono da cadeira 15 da Academia Brasileira de Letras, por escolha do fundador Olavo Bilac. Pela obra lírica e indianista, Gonçalves Dias é um dos mais típicos representantes do Romantismo brasileiro e forma, com José de Alencar na prosa, a dupla que conferiu caráter nacional à literatura brasileira.

Serviço

O quê

Aniversário de Gonçalves Dias e da fundação da Academia Maranhense de Letras

Quando

HOJE, às 17h

Onde

Praça Gonçalves Dias, Centro