Notícias

Estudantes aplaudem palestra em lançamento do livro Janelas Fechadas de Josué Montello

15 de março de 2018

Livro Janelas Fechadas foi reeditado e lançado no Colégio Cintra. (Foto: Divulgação)

Centenas de estudantes do Ensino Médio aplaudiram, na manha desta quinta-feira (15), no Colégio Cintra, em São Luís, a palestra do acadêmico José Neres, que falou sobre o romance ‘Janelas Fechadas’ do escritor Josué Montello. O livro foi reeditado pela Casa de Cultura Josué Montello, como parte das comemorações do centenário de nascimento do escritor maranhense, realizado desde o ano passado.

Chamou a atenção dos alunos, principalmente, o fato da história do romance se passar no Anil, mesmo bairro onde está localizada a escola. Para o palestrante, a descrição da cidade e dos lugares conhecidos, ainda que numa época distante, aproximam o leitor da narrativa com mais intensidade. O livro destaca os costumes da província abordando temas universais como o amor, a tristeza, a família e o tempo.

As alunas do terceiro ano, Sabrina Andrade, 17 anos, e Bruna Trindade, 18 anos, ficaram curiosas para ler o livro. “Depois da palestra ficamos motivadas, ainda mais se tratando de uma história tão interessante”, ressaltou Bruna. Para Sabrina ficou a vontade de conhecer ainda mais a literatura maranhense. “Sinto que é importante valorizar e ler mais autores da nossa terra”, disse.

Durante o evento, a diretora da Casa de Cultura Josué Montello, Joseane Souza, fez a doação de 50 exemplares do romance para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), 12 kits de diversos livros de Josué Montello para a rede de bibliotecas do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), além de exemplares para a biblioteca do Cintra e outros para sorteio entre os estudantes.

“Mais do que estudar a obra literária para o vestibular, é importante despertar nos alunos o desejo pela literatura e nada melhor que começar se apaixonando pelos livros desse grande escritor maranhense”, disse o diretor pedagógico do Colégio Cintra, Jefferson Plácido.

Livro Janelas Fechadas foi reeditado e lançado no Colégio Cintra. (Foto: Divulgação)

Para o diretor de Ensino do IEMA, Elinaldo Silva, o evento promovido pela Casa de Cultura merece aplausos pela importância da obra e pelo incentivo para a formação dos jovens. “Queremos levar os livros de Josué Montello a todas as nossas unidades que hoje contam com bibliotecas e bibliotecárias, e que contam com grande procura pelos nossos alunos”, afirmou.

O livro, escrito quando Montello tinha 20 anos, teve sua primeira edição em 1941 e a segunda edição em 1982. O romance tem como cenário a cidade de São Luís nos anos de 1930, na então Vila do Anil, destacando costumes e hábitos de seus moradores. Ressalta o poder da compreensão e do carinho na vida de pessoas deficientes, por meio da trajetória de Benzinho, que deixa o colégio de freiras e vai viver com a mãe e o irmão as dificuldades de uma maternidade concebida fora do casamento.