Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Solução de conflitos por meio do diálogo

26 de dezembro de 2020

Solução é ato, meio de resolver um caso, um problema. Expressa um raciocínio que chega a um resultado lógico. Conflito é desavença entre pessoas, grupos, através de idéias e de opiniões. Diálogo é troca ou discussão de idéias, opiniões entre duas ou mais pessoas diante de fatos ou atos.

Hoje mais que antes, no Brasil, a solução de conflitos por meio do diálogo é imprescindível para o povo brasileiro obter de forma urgente, e eficaz, completamente, um resultado desejado sob o amparo do legal e justo.

No Brasil, muitos conflitos já aconteceram e estão, diariamente, acontecendo e, sem nenhuma perspectiva de solução rápida, completa, o que tem causado pânico e enorme prejuízo para muitas pessoas.

A conciliação entre as pessoas em conflito é possível, é muito importante e imprescindível, pois lhes evita prejuízos danosos.

Cada pessoa tem direito e também deveres e o mais importante é saber exercê-los e cumpri-los respectivamente de forma legal, justa, adequada, cordial, sem ódio e sem interferência da crueldade mental. Não basta a pessoa querer viver. O mais importante é saber viver e assim não fazer ninguém sofrer.

Os conflitos entre as pessoas têm as suas próprias causas e efeitos danosos. Assim, o seu fim deve ser urgente.

O importante, significante, para uma solução urgente, com resultados benéficos para as pessoas em conflito está na conciliação, que é garantidora de solução urgente e justa.

O ingresso em juízo é apenas um direito. Não é dever de ninguém. Assim sendo, a conciliação, inclusive extrajudicial é legal e entre os conflitantes pode gerar-lhe, rapidamente, a felicidade desejada.

Todos os juízes de Direito e inclusive os que funcionam no imenso território da República Federativa do Brasil estão, evidentemente, sobrecarregados de processos.

Este fato é gerador da demora na prestação jurisdicional. Assim sendo, merece a atenção urgente e estudo completo, de forma justa e adequada, especialmente, de todos os dirigentes do Poderes Constituídos no Brasil, em cada Município, em cada Estado-Membro e no Distrito Federal.

O povo brasileiro é titular de muitos direitos e que merecem sempre de proteção completa e rápida.

O desembargador, dr. Lourival Serejo, digno presidente do Tribunal de Justiça do maranhão e membro efetivo da Academia Maranhense de Letras, passou ao povo esta magnífica lição: “A conciliação é o meio mais inteligente para resolvermos os conflitos da sociedade. Essa é a melhor forma para alcançarmos a pacificação.”

O desembargador, digno corregedor-geral da Justiça, dr. Paulo Velten Pereira também proferiu esta lição: “Hoje, estamos vivenciando uma etapa de reforma e modernização do Judiciário, que engloba o combate à litígio. Em um estado soberano, estimular e promover a conciliação é um ideal que precisamos fortalecer a cada dia.”

Diante das lições, acima mencionadas, o povo maranhense, em especial, está de parabéns, pois, hoje, já pode começar a esperar os resultados benéficos da conciliação.

A Justiça é um dos valores supremos no exercício do Direito e é, por intermédio deste, que ela é encontrada e concretizada e assim encontrada a paz social.

Conciliação é acordo entre as partes litigantes para pôr fim ao conflito. Produz o melhor entre as pessoas e não faz mal a ninguém. Somente faz o bem e em curto espaço do tempo.

José Carlos Sousa Silva

Advogado, jornalista e professor universitário, membro da Academia Maranhense de Letras