Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Sobre a cidade São Luís

20 de janeiro de 2018

Eu sempre admirei e amei a cidade São Luís, Capital do Magnífico Estado do Maranhão, Membro da República Federativa do Brasil.

É, sem dúvida, uma cidade muito linda, com excelentes paisagens arquitetônicas, com traços marcantes da inteligência e da cultura de arquitetos europeus.

A velha cidade São Luís merece e precisa, logo, de trabalhos permanentes na sua estrutura completa. As restaurações da maioria dos seus imóveis devem acontecer logo, senão cairão e assim desaparecerão da sua própria paisagem, da sua beleza e irão para o lixo.

Diante dessa lamentável realidade, o Município São Luís, o Estado do Maranhão e o Brasil em geral devem unir-se, adotando atos na administração pública na sua urgente e completa restauração.

A cidade São Luís é Patrimônio Cultural da Humanidade. Este Patrimônio não merece ser danificado ou abandonado. Merece, sim, ser permanentemente, a fim de que seja bem olhado, amado e aplaudido pela humanidade inteira.

A cidade São Luís não é, portanto, apenas dos seus moradores, mas também de todos os maranhenses, de todos os brasileiros e, enfim, de toda a humanidade.

Por esse motivo, os que habitam a cidade São Luís, o Maranhão, o Brasil e o mundo têm o direito de cobrar ações urgentes e eficientes na restauração completa desta cidade.

Eu já escrevi o livro, hoje, na sua 4ª edição, “São Luís é Cidade Luz.” No seu prefácio, da autoria do escritor Américo Azevedo Neto, Membro Efetivo da Academia Maranhense de Letras, está assim registrado: “José Carlos Sousa Silva me põe nas mãos os originais de um livro de poesias que são uma declaração de amor a São Luís. Amor impossível de ser contido, de ser mantido apenas para conhecimento de quem o sente. Um trabalho feito a partir de bons sentimentos. Talvez o mais nobre deles que é a gratidão: “Gratidão a uma cidade que acolheu o autor como filho querido e que o reteve e o mantém no colo.”

Assim, estou na cidade São Luís, amando-a sempre e por isso não aceito que ela seja danificada e abandonada.

No livro, acima mencionado, está registrado: “São Luís é luz, é cidade bela/, é encontro dos sonhos com a realidade/, traduz o que foi, é e poderá ser/, deixando em cada ser humano a certeza/, expressa assim a pura autenticidade/, revela a força do tempo e sua grandeza/, é expressão pura da beleza eterna.”

Assim, a cidade São Luís está nos cérebros e nos corações das pessoas que a conhecem. Ela está numa ilha cercada pelo mar, que oferece paisagens sobre a grandeza e beleza do espaço que ocupa.

Cada pessoa tem o dever de olhar sempre para o local em que mora e fazer de tudo quanto possível para que o local seja belo e bem conservado.

Ninguém tem o direito de danificar a cidade que o abriga para sempre.

É importante que cada pessoa viva bem e saiba conservar sempre o bem imóvel que ocupa.

Vamos, portanto, juntos lutar em benefício da cidade São Luís a fim de que ela seja mantida como Patrimônio Cultural da Humanidade, para que sejam recuperadas a sua história e as suas paisagens arquitetônicas belíssimas.

José Carlos Sousa Silva

Advogado, jornalista e professor universitário, membro da Academia Maranhense de Letras.

E-mail: jcss@elo.com.br