Blog

Academia Maranhense de Letras

Ceres Costa Fernandes

Cadeira cerescostafernandes


O diálogo ideal e conselhos de Ano Novo

2 de janeiro de 2011

Jornal: O Estado do Maranhão 02 de janeiro de 2011 – domingo Por: Ceres Costa Fernandes Antes de tudo, devo desculpas aos meus prováveis leitores pela crônica de domingo passado. Péssima usuária que sou de aparelhos eletrônicos, inadvertidamente, cliquei em uma crônica vizinha à que devia ser mandada ao jornal e, com isso, retroagi dez anos. Enviei uma do meu arquivo datada de 2001! Perdão, leitores. Dirimida a questão, vamos ao novo. A partir dos anos 60 do século passado, se não me trai a safada da memória, institui-se o diálogo como o supremo remédio para todos os males do […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Ano Novo

2 de janeiro de 2011

Jornal: O Estado do Maranhão 02 de Janeiro de 2011 – Domingo Por: José Carlos Sousa Silva Ontem, 1º de janeiro de 2011, um novo ano se nos apresentou. É ficção pura ou realidade? É bom acreditar que ele, por si só, muda alguma coisa para melhor. O ser humano não vive em função apenas do que vê e sente. Precisa acreditar em dias melhores e, estimulado por isso, buscar alternativas para superar as dificuldades. Aí começa o seu sucesso. Estamos vivendo num planeta que tem, sem dúvida, também os seus próprios movimentos. A Terra, entre Vênus e Marte, faz […]


Ivan Sarney

Cadeira 17


Abrindo as janelas da alma para o Ano Novo

2 de janeiro de 2011

Jornal: O Estado do Maranhão 02 de Janeiro de 2011 – Domingo Por: Ivan Sarney Os jardins ainda exibem, na exuberância das flores, os sinais da primavera que há poucos dias nos deixou. Mas já estamos em janeiro, com todas as esperanças que iluminam o Ano Novo. O ano de 2010 já pertence ao passado, com todos os fatos que imprimiu em nossas vidas, independente do conceito que deles possamos ter. O que foi esperança, o que foi presente, muitas vezes ansiado, agora é simplesmente lembrança. É lembrança e é passado, respaldando os nossos passos presentes, projetando os nossos sonhos […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


2010 e suas palavras

1 de janeiro de 2011

Jornal: O Estado do Maranhão 01 de Janeiro de 2011 – Sábado Por: José Ewerton Neto 1 Dezembro: “Cesto de Bondades” Foi assim que Patrícia Amorim, presidente do Flamengo se referiu ao anúncio da C.B.F., que confirmou o melhor time brasileiro de todos os tempos, o Santos como, também, o maior campeão brasileiro de todos os tempos. Os títulos de campeões brasileiros, confirmados, foram: Palmeiras 10, São Paulo, 6, Flamengo 5, Vasco e Corintians 4. O que causa estranheza foi a expressão de deboche, demonstrando que ou ela entende muito de cestos ou pouco de bondades ou vice-versa. Ora, que […]


Ubiratan Teixeira

Cadeira ubiratan-teixeira


Boa viagem, 2010; Bom dia, 2011

31 de dezembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 31 de dezembro de 2010 – Sexta Por: Ubiratan Teixeira Pois é: com um baita eclipse da lua mandamos para os quintos dos infernos este morrinhento e complicado 2010. E para nós, brasileiros, sem nenhuma arrelia emocional, começamos uma quadra administrativa sob a regência de uma matriarca, mulher pra cabra safado nenhum botar defeito e imagino como a guerrilheira tenha feito das tripas coração para agradar deus e o diabo na composição administrativa de seu governo; que nenhum daqueles candangos fominhas que foram para a praça dos três poderes soltar rojão pela vitória da distinta […]


Ubiratan Teixeira

Cadeira ubiratan-teixeira


2010 e suas palavras

31 de dezembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 31 de novembro de 2010 – Sexta – feira Por: Ubiratan Teixeira Pois é: com um baita eclipse da lua mandamos para os quintos dos infernos este morrinhento e complicado 2010. E para nós, brasileiros, sem nenhuma arrelia emocional, começamos uma quadra administrativa sob a regência de uma matriarca, mulher pra cabra safado nenhum botar defeito e imagino como a guerrilheira tenha feito das tripas coração para agradar deus e o diabo na composição administrativa de seu governo; que nenhum daqueles candangos fominhas que foram para a praça dos três poderes soltar rojão pela vitória […]


Jomar Moraes

Cadeira 10


“Inté para o ano…”

29 de dezembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 22 de dezembro de 2010 – Quarta – feira Por: Jomar Moraes Assim as caixeiras do Divino Espírito Santo de Alcântara e alhures, com voz redolente cantam, percutindo suas caixas de sons melancólicos e plangentes: “Inté para o ano, se nóis viva fô…” Estamos hoje a dois dias do final de dezembro e, conseqüentemente, às vésperas do término de 2010. Em termos físicos, a distância temporal que nos separa do Ano Novo, é muito pequena. Mas há que reconhecer a força sugestiva de expressões como “até para o ano”, “ano que vem”, “no ano vindouro” […]