Blog

Academia Maranhense de Letras

Lino Moreira

Cadeira 08


VALE TUDO?

5 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 05 de setembro de 2010 – Domingo Por: Lino Raposo Moreira, PhD Estamos acostumados a pensar em eleições como ocasião de os cidadãos, após análise do pensamento dos candidatos, na forma exposta em suas propostas de políticas públicas, tomarem decisões acerca de quem desejam como representantes no Executivo e no Legislativo, mas, infelizmente, não no Judiciário. O mecanismo de escolha é a realização periódica dos pleitos pelas democracias, mas não pelos paraísos terrestres dos trabalhadores como a Coreia. Como o uso do cachimbo põe a boca torta, não percebemos que se dá exatamente o contrário. […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


Em Nostradamus?

4 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 4 de setembro de 2010 – sábado Por: José Ewerton Neto Pois é, no dia 18 de Junho de 2006 este cronista deu uma de Nostradamus. Quem poderia supor, essa época, que um país, como o nosso, que não dá a mínima condição á sua população para gozar de boa saúde e se prevenir das costumeiras catástrofes invernais fosse se dar ao luxo de gastar dinheiro a rodo com estádios suntuosos e com acomodações para turistas durante uma Copa? Mas a coisa aconteceu ano passado, todo mundo ficou feliz e este cronista, iluminado provavelmente por […]


Ubiratan Teixeira

Cadeira ubiratan-teixeira


De libido & catarse

3 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 3 de setembro de 2010 – sexta-feira Por: Ubiratan Teixeira Os terráqueos de pouca imaginação se enganam o tempo inteiro comigo. Reconheço que sou uma criatura que de repente pode surpreender e desconsertar os incautos, sem abrir feridas ou morder. Virtude ou defeito é uma questão de ponto de vista de quem espia. Ainda hoje me lembro do ar estupefato que certa vez abriu diante de mim um dito circunspecto cidadão quando nos cruzamos numa recepção dessas rotuladas de elegante, no Palácio dos Leões. Não propria-mente por causa de minha presença ali, certamente, mas seguramente […]


Jomar Moraes

Cadeira 10


Pequena digressão sobre horas e relógios

1 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 1° de setembro de 2010 – quarta-feira Por: Jomar Moraes Se bem me lembro, assisti, no plano das novidades novidadeiras, tipo descoberta da pólvora ou invenção da roda, à maré montante que elevou ao paroxismo o uso e abuso da pesquisa e, o que é desastroso para tão nobre e necessária atividade, assim como assisti à superveniência de toda espécie de gatimonha e mistificação a que atribuem o indevido rótulo de pesquisa. Dizem ser pesquisa a mera cópia de textos alheios, sem indicação de proveniência, e com a agravante de serem cópias estropiadas. Alunos de […]


Sálvio Dino

Cadeira 32


O outro Lula…

31 de agosto de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 31 de agosto de 2010 – terça-feira Por: Sálvio Dino IMPERATRIZ – Na cidade de deus, obra famosa do notável pensador cristão – Santo Agostinho há uma passagem marcante. Certa feita, um noviço querendo obter a salvação entrou num mosteiro. Exagerou nos rigores do claustro e mergulhou em profunda meditação. Certo dia o jovem observou um velho monge esmerilando um CACO DE TELHA. Curioso perguntou-lhe o que pretendia com tão esquisito trabalho. Ele respondeu calmamente: “Quero transformar o CACO num ESPELHO. O noviço retrucou:“ Isso é impossível. Barro é barro, e não metal. E o […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


A resposta que virou crônica

29 de agosto de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 29 de Agosto de 2010 – Domingo Por: Joaquim Haickel Tenho sido alvo de inúmeras manifestações indignadas de insatisfação desde que disse que não mais seria candidato a deputado. Ultimamente as frases que mais ouço são: “Você me deixou órfão!”, “E agora? Em que vou votar pra deputado!?” e outras coisas do gênero. Ao lado disso muita gente tem me indagado sobre quais os motivos que me levaram a não disputar uma vaga na Assembléia. Recentemente recebi em meu blog um comentário de alguém que usa o pseudônimo de Ricardo Reis, onde ele primeiro desenha […]


Ivan Sarney

Cadeira 17


A terceira idade como afirmação de política pública

29 de agosto de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 29 de agosto de 2010 – domingo Por: Ivan Sarney A população brasileira, segundo os dados do IBGE, está envelhecendo. Já não somos um país de jovens, como éramos há trinta anos. Isso nos impele à adoção de políticas públicas que possam contemplar toda essa população de terceira idade, com ênfase a programas de saúde e seguridade social, estímulos à prática do lazer, a atividades físicas e práticas esportivas, e à reinserção no mercado de trabalho. Países mais bem situados, do ponto de vista educacional, social e econômico, dedicam elevado grau de preocupação com as […]