Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Mais desembargadores e mais juízes de Direito

26 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 26 de setembro de 2010 – Domingo Por: José Carlos Sousa Silva Li neste jornal, edição de 15 de outubro de 2010, na sua 6ª página: “Maranhão é o quarto Estado com menor proporção de magistrados. Ele tem 289 magistrados, o que retrata uma média de 4,6 para cada 63 habitantes, num cálculo que toma como base a divisão do total da população por 100 mil moradores”. Os números acima mencionados foram apresentados, no dia 14 de mês em curso, no plenário do Conselho Nacional de Justiça, pelo seu presidente ministro Cezar Peluso. Diante desse […]


Ivan Sarney

Cadeira 17


Por uma cidade mais solidária e motivadora

26 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 26 de setembro de 2010 – Domingo Por: Ivan Sarney Ainda são muito tímidos os passos, os gestos que nossa cidade consagra, nos rumos de um amanhã mais propício ao convívio solidário e fraterno das pessoas, em seus espaços urbanos. Quem caminha pelas principais ruas do Centro Histórico, ou mesmo de nossos bairros mais bem urbanizados, pode constatar, facilmente, a ausência quase absoluta de equipamentos essenciais para o desafio de viver, em centros urbanos; para a prática dessa imanência humana, que é a necessidade de convívio com seus semelhantes; para mitigar a carência do outro […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


Minha trilha musical

25 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 25 de setembro de 2010 – Sábado Por: José Ewerton Neto Aos sábados, o jornal O Estado de São Paulo no seu caderno de arte, reproduz seleções musicais de profissionais de diferentes expressões artísticas. É fácil perceber que elas não se referem a um juízo pessoal de valor musical, mas sim a como uma determinada canção veio a tocar a sensibilidade de cada um, por diferentes motivos. Meio por diletantismo comecei a fazer a minha lista, que acabou dando na que segue. Se não gostarem, perdoem-me. É que, depois de pronta fiquei com dó de […]


Ubiratan Teixeira

Cadeira ubiratan-teixeira


Papeando sem rumo e sem rota.

24 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 24 de setembro de 2010 – Sexta – feira Por: Ubiratan Teixeira Faz algum tempo, mas ainda me lembro como se tivesse acontecido no domingo passado. No programa das oito da noite na TVE falaram sobre sangue; todos os gêneros de sangue: do saudável ao sifilítico de origem bastarda. Sangue nobre e sangue plebeu; arterial, venal, sangue/sangue, sangue em diferentes níveis de entendimento, da popular sangria das festinhas plebéias ás sangrias desatadas deste mundo desvairado e inconseqüente — e no bloco reservado aos sangramentos naturais a produção abriu um generoso espaço para a discussão em […]


Jomar Moraes

Cadeira 10


Vespasiano Ramos – III

22 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 22 de setembro de 2010 – Quarta – feira Por: Jomar Moraes Contava eu vinte e poucos anos quando, sargento da Polícia Militar, fui designado para servir em Buriti Bravo, onde assumi as funções de delegado de polícia. As distinções de que me cumularam naquela então pequena cidade, proporcionaram-me relacionamentos muito diversos e intensos. Um pequeno grupo de amigos era formado por universitários filhos da terra, e que ali passavam todos os períodos de suas férias escolares. Pequena e seleta parcela desse grupo seleto era formada pelos irmãos Hernani (Farmácia), Cláudio (Direito) e Clóvis Batista […]


Sálvio Dino

Cadeira 32


“Em tudo quanto olhei, fiquei em parte”

21 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 21 de setembro de 2010 – Terça – feira Por: Sálvio Dino IMPERATRIZ – Você gosta de (re)lembrar bons momentos? Recordar é viver. Coisa de poeta! Hoje, amanheci sentindo esse estado de espírito, todinho em mim. No meu rio existencial, minh´alma dá um mergulho fundo. Gostoso. “Eterno enquanto dura”. Vejo-me naqueles belos tempos de rapaz. Contrariando o inspirado poeta cearense – os desenganos ainda não vão na frente. Nada vai ficando pra trás. Idade de ouro. Fogo inapagável. Se apara o pião na unha. Pega-se o touro pelo chifre e o derruba duma só pegada… […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Monopólio estatal

19 de setembro de 2010

Jornal: O Estado do Maranhão 19 de setembro de 2010 – Domingo Por: José Carlos Sousa Silva No Brasil, o monopólio não pode ser privado. Somente pode ser estatal, o que está assim reconhecido, admitido, portanto, no artigo 177 da sua Constituição e apenas em dois setores da economia, desse modo explicitado: o de petróleo, gás e derivados e o vinculado à manipulação de produtos radiotivos. Aí estão previstas atividades empresariais especiais e que não devem ser confundidas com serviços públicos. Essas atividades econômicas são desenvolvidas por pessoas jurídicas especializadas criadas pelo próprio Estado brasileiro a fim de que possam […]