Blog

Academia Maranhense de Letras

Joaquim Haickel

Cadeira 37


Num beco!… Mas ainda há saída!…

25 de maio de 2019

O texto que eu programei para esta semana falava de um assunto menos pesado que política. Falava de referências, de filosofia e de poesia, mas infelizmente o cronista tem obrigação de estar em dia com os assuntos mais comentados e discutidos, afinal de contas propagamos nossas ideias e opiniões através de jornais e redes sociais, e são os assuntos do momento que as pessoas desejam mais ler. Dito isso, volto a falar sobre a incapacidade do presidente Jair Bolsonaro e de grande parte de seus apoiadores, em entender os acontecimentos. Que o sujeito seja conservador, tradicionalista, de direita, eu posso […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Necessidade de reforma política

25 de maio de 2019

No Brasil, hoje, está à vista de todas as pessoas a necessidade de profunda reforma na política brasileira e urgente a fim de que o povo possa acreditar no seu presente e no seu futuro. A legitimidade e a legalidade não merecem sequer sofrer ameaças, pois sem ambas funcionando permanentemente nunca será possível a prática democrática, que tem, sem dúvida, benefícios constantes ao povo. O povo brasileiro não merece viver diante de excessos de políticos sem qualidades adequadas para o cumprimento de forma inteligente e honesta de seus mandatos. Há no Brasil, hoje, um excesso de partidos políticos. Essa realidade […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


A mandioca de hoje e de ontem

25 de maio de 2019

” A fabulosa notícia do uso da mandioca no processo de fabricação da cerveja, nos remete para os anos de 1942, quando o ditador Getúlio Vargas por decreto, cria a Comissão Executiva dos Produtos da Mandioca, com a finalidade de instalar em diversas regiões do País usinas com a capacidade de produzir 40 mil litros anuais de álcool” Se não fosse a imensa legião de blogueiros, que presta serviços profissionais ao prefeito de Santa Rita, a opinião pública não tomaria conhecimento de um fato extremamente alvissareiro, que merece registro especial. Trata-se de uma iniciativa louvável do prefeito, Hilton Gonçalo, que […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Craque!…

18 de maio de 2019

Impressionante como os maranhenses gostam de dois assuntos muito polêmicos: política e futebol. Digo isso, pela quantidade de pessoas que me procuram para comentar sobre os textos que tenho escrito a respeito daquele que eu imagino será cenário político do Maranhão e pela repercussão que ouço nos programas de rádio e vejo nas redes sociais, sobre futebol. Imagino que possa juntar os dois assuntos e simultaneamente um tema comum a ambos. A ocorrência de craques nesses setores. Quando eu era criança, os craques do futebol brasileiro eram jogadores da estatura de Garrincha e Pelé, mas a quantidade de gigantes neste […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


O secretário que brilha pela ausência

18 de maio de 2019

“Como escrito nas estrelas, o secretário da Cultura estava ausente da cidade e fazendo o que mais gosta: viajar para dentro e fora do Brasil, às custas de recursos públicos. Este é o homem que o governador Flávio Dino encontrou para cuidar de assuntos relativos ao nosso patrimônio histórico, artístico e cultural” Ao renunciar ao cargo de governador, Epitácio Cafeteira se desincompatibiliza para ser candidato ao Senado, em outubro de 1990, ato que permite ao vice, João Alberto de Sousa, assumir o comando do Estado por 11 meses e à frente do qual dá um show de competência e capacidade […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Craque!…

18 de maio de 2019

Impressionante como os maranhenses gostam de dois assuntos muito polêmicos: política e futebol. Digo isso, pela quantidade de pessoas que me procuram para comentar sobre os textos que tenho escrito a respeito daquele que eu imagino será cenário político do Maranhão e pela repercussão que ouço nos programas de rádio e vejo nas redes sociais, sobre futebol. Imagino que possa juntar os dois assuntos e simultaneamente um tema comum a ambos. A ocorrência de craques nesses setores. Quando eu era criança, os craques do futebol brasileiro eram jogadores da estatura de Garrincha e Pelé, mas a quantidade de gigantes neste […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Individualização da pena

18 de maio de 2019

Se se quer julgar o homem da maneira mais justa possível, não se pode desprezar a sua universalidade. O homem representa um conjunto de elementos e, por isso, a sua atitude nunca está isolada da própria vontade ou do mundo em que nasceu, cresceu e formou-lhe consciência de si mesmo e do que o cerca. A maneira de ser e de viver em sociedade, tudo isso lhe dá traços próprios e que estão intimamente interligado em suas atitudes. Não lhe bastam circunstâncias materiais, objetivas, também as imateriais, subjetivas, exercem, para a compreensão do bem ou mal, influência em menor ou […]