Blog

Academia Maranhense de Letras

Ceres Costa Fernandes

Cadeira cerescostafernandes


DAS COISAS ESSENCIAIS

16 de novembro de 2019

A maioria das gentes tem a sua fórmula mágica e essencial para a resolução de algum problema mais ou menos aflitivo. No que diz respeito ao concorrido item a carne é fraca, posso mencionar desde a comadre Mariquinhas, que ensinava colocar três pedrinhas de sal debaixo da língua, dizer Ave Maria, Ave Maria, Ave Maria e beber três goles d’água, como receita anticoncepcional infalível, a um amigo que defende, para o mesmo objetivo, o uso sem igual das Pílulas Contra.E se uma pílula puxa outra, é de justiça lembrar a Paulo Famoso que, com suas congêneres, a milagrosa Água Maravilha […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


CANETAAZULAZULCANETAAZULCANETAAZULCANETA

10 de novembro de 2019

Todos a conhecem, a ouviram e, mesmo sem querer, já a cantaram. Isso porque a ingênua música (se é que podemos chamar assim) do maranhense Manoel Gomes  ‘bombou’ na Internet  e o transformou numa celebridade repentina.Trata-se de mais um fenômeno de earworm (minhoca de ouvido) como se definem aquelas músicas cujo refrão faz com que, inconscientemente, as fiquemos repetindo mentalmente. Até aí nada demais, a não ser a aporrinhação, que não deveria ser tão cruciante assim para quem, por  exemplo,  tem às mãos um livro para ler. A verdade é que o tal som chateia, mas  ‘não mata’. O curioso, porém,  é que, à reboque de sua divulgação […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Mudança e impermanência

9 de novembro de 2019

A redução severa do tempo gasto na realização de uma tarefa é o que promete o computador quântico que, ao contrário dos que conhecemos na atualidade, opera com a física quântica, terreno que ainda é pouco conhecido, quanto às revoluções que pode empreender no nosso cotidiano. Essa é apenas uma das mais recentes discussões em voga nestes tempos de revolução tecnológica que nos obriga a estar constantemente atualizados, conectados, interligados. A velocidade com que a mudança se instala requer de nós uma postura atenta, cooperativa, sob o risco de ficarmos à margem da história. O permanente é figura de retórica, […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


6 pautas em 15 dias

9 de novembro de 2019

As duas últimas semanas foram muito agitadas, como de resto têm sido quase todas deste ano complicado, e como não consegui me decidir sobre qual assunto tratar em meu texto de hoje, fiz um resumo de algumas pautas. 1 – O deputado federal mais votado da história do Brasil, Eduardo Bolsonaro, que por acaso é filho do atual presidente da República, verborragiou desatinos sobre um possível retrocesso democrático, movido principalmente por mera falta de tato, de tino, de capacidade de entender o enredo desta tragicomédia, que ele, sua turma e seus adversários, são os protagonistas, enquanto nós e o Brasil, […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Experimentalismo

9 de novembro de 2019

Recentemente, eu li, com muita atenção e respeito, o livro “Experimentalismo Constitucional no Direito Brasileiro”, da autoria do advogado dr. José Guimarães Mendes Neto, que merece ser lido repetidas vezes, pois nele estão reveladas a inteligência e a cultura do seu autor, que passa aos seus leitores e às suas leitoras magníficas lições. No livro, acima mencionado, contém apresentação de autoria do jurista dr. Gilmar Ferreira Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, professor universitário de muitas gerações, e escritor perfeito nas suas diversas obras, nas quais sempre revelou o seu alto nível moral e mais a grandeza de sua inteligência […]


Carlos de Lima

Cadeira carlosdelima


O padre Vieira no Maranhão

9 de novembro de 2019

Na biografia que deixou inédita e inconclusa do padre Antonio Vieira (1608-1697), João Francisco Lisboa mostra-se escandalizado com a defesa que o jesuíta fez, em cartas e sermões, da escravidão negra, em substituição à escravidão dos indígenas, que queria proibir, mas praticava e aceitava segundo critérios também condenáveis. “Aberrações tão incríveis não podem recomendar o grande orador à estima e admiração da posteridade”, escreveu Lisboa. Hoje, 322 anos depois de sua morte, Vieira mantém o prestígio e a fama que, nos últimos três séculos, granjeou, com toda justiça, como maior orador sacro da língua portuguesa e uma das vozes mais […]


Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


Eu e os Maristas

9 de novembro de 2019

O Colégio Maristas realiza a 30 deste mês um grande evento, com a finalidade de reunir pela primeira vez em São Luís as gerações que nele estudaram, a partir de 1937, quando o arcebispo do Maranhão, Dom Carlos Carmelo, instalou no próprio Palácio Arquiepiscopal, a Congregação dos Discípulos do Padre M. Champagnat, para oferecer instrução de boa qualidade aos estudantes do sexo masculino. Não satisfeito com essa benemérita iniciativa, Dom Carlos Carmelo, pensando na contribuição que a instituição daria à educação maranhense, compra a chamada Quinta do Barão das Laranjeiras, localizada na Rua Grande, uma área de 40 mil metros […]