Blog

Academia Maranhense de Letras

Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


Fernanda Montenegro e o Maranhão

28 de dezembro de 2019

Bem escrito, com texto leve e muita informação sobre o meio artístico e a cena política do país, é o livro “Prólogo, ato e epílogo”, de Fernanda Montenegro, uma das glórias do teatro, cinema e televisão do país, que do auge de seus noventa anos, relata de modo consciente e verdadeiro a sua trajetória de vida, ora de bonança, ora de tempestade, ao longo da qual soube se conduzir com dignidade e altivez. Fernanda Montenegro, como disse o poeta Carlos Drummond de Andrade: “Não se preocupa somente em elevar ao mais alto nível sua arte de representar, mas insiste igualmente […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Para 2020

28 de dezembro de 2019

Finalmente completei 60 anos e conquistei alguns privilégios muito bem-vindos, alguns indesejados e outros até rejeitados. Ter preferência de acesso e de estacionamento é maravilhoso, ocorre que a quantidade de pessoas na mesma condição, deixa essa vantagem quase sendo uma desvantagem!… Não mais poder sentar nas poltronas que ficam junto às portas de emergência dos aviões, é algo que vou odiar! Ser tido como pessoa idosa e sentir nas juntas o peso do tempo, mesmo tendo diminuído o peso do corpo, é algo doloroso, que não é compensado nem com o fato de agora em diante pagar meia entrada… O […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


O ano 2019 está indo e 2020 está chegando

28 de dezembro de 2019

O tempo tem as suas regras próprias e ninguém lhe determina em nada. Por isso e assim o ano 2019 está indo e nenhuma pessoa sabe para onde ele vai e 2020 já está chegando e também nenhuma pessoa sabe de onde ele vem e para onde, depois, vai. Diante dessa realidade do tempo, que é da própria natureza, qualquer pessoa deve saber, onde estiver, o que deve fazer e quais os seus direitos que devem ser exercidos com inteligência e cultura e assim sem ameaçar ou danificar os direitos alheios. Nenhuma pessoa tem, portanto, o direito de criticar o […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


A amizade merece respeito e proteção

21 de dezembro de 2019

A amizade nasce e cresce da fé em Deus e de suas lições. Merece respeito e proteção completa de todas as pessoas que nela e por ela estejam unidas. Ela nunca deve ser danificada. Ela expressa a força do saber pensar, sentir, ouvir, falar e escrever objetivando sempre resultados benéficos para todas as pessoas que estejam trabalhando e estudando sempre na busca do melhor na vida e pela vida também. Na amizade estão a força do cérebro e da cordialidade do coração unindo assim as pessoas que sabem realmente trabalhar e estudar diante de tudo e de todos sem destruir […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Fátima e Quíron

21 de dezembro de 2019

Há dois anos tive a ideia de escrever aquele que seria meu primeiro e único romance, uma vez que não pretendia me embrenhar definitivamente nesta seara, pois tenho consciência que sou eminentemente um contista que escreve crônicas com alguns toques de poesia. Romance é coisa pra gente GRANDE! Naquele dia, como faço todas as manhãs até hoje, acordei!… E como quase sempre, acordo com uma ideia na cabeça, como se durante a noite um anjo ou quem sabe um demônio, se é que eles existem, tivesse semeado na cera de meus ouvidos uma ideia para que eu desenvolvesse e acabasse […]


Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


1958 e 2019: Eleições dividem o Tribunal de Justiça

21 de dezembro de 2019

Não é a primeira vez que o Tribunal de Justiça do Maranhão se divide para eleger a sua Mesa Diretora. Em 1958, quando o Maranhão, ao contrário de hoje, vivia um clima político bastante conturbado, decorrente da eleição e da posse do então governador Mattos Carvalho, que só assumiu o cargo mais de um ano depois da eleição ocorrida em outubro de 1955, o Poder Judiciário, àquela época, claramente dividido entre desembargadores governistas e oposicionistas, não encontrou a fórmula para conciliá-los em torno da eleição da Mesa Diretora. A divisão na cúpula do Poder Judiciário maranhense, tinha a ver com […]


Ceres Costa Fernandes

Cadeira cerescostafernandes


A ÚLTIMA LUA CHEIA DA DÉCADA

20 de dezembro de 2019

Aconteceu, no dia 12 de dezembro, a última lua cheia da década, a que vai de 2010 a 2019. Deslembrada que sou, fui avisada da ocorrência por uma querida amiga. Qual o significado deste fenômeno celeste? Causará alguma perturbação ecológica, enchentes, incêndios, terremotos? Sinto decepcioná-los, nada além de que só teremos outra lua cheia em 29 dias, e esta será em outra década.Sem saber bem a razão, a notícia me deu uma leve tristeza, um não sei quê de coisa que se esvai, escorre entre os dedos, não capturada. No entanto, essa lua, a vi nascente em casa de Maria […]