Blog

Academia Maranhense de Letras

Ceres Costa Fernandes

Cadeira cerescostafernandes


QUITANDAS

14 de julho de 2020

No meu universo infantil, em um tempo mais ou menos distante, habitava uma quitanda. Era numa rua à beira do Rio Itapecuru, na cidade de Rosário, perto de casa. Retenho dela alguns flashes: chão batido, potes de vidro com balas leitosas de listras coloridas e chupetas de açúcar; rolos de negro fumo de corda no chão, qual cobra enrodilhada para o bote, e um amontoamento de mercadorias ordinárias, de onde poderia surgir o encantamento de uma máscara de papelão pintada à mão, um reco-reco, uma boneca de tiras de buriti ou até mesmo um passarinho de madeira que batia as […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


A BELEZA MORRE

11 de julho de 2020

(réquiem para Marta Rocha) A beleza vive. A beleza morre. A beleza que morreu desta vez chamava-se Marta Rocha.Lembro-me de quando eu tinha uns cinco anos de idade, em Guimarães, onde minha família residida. Na ocasião meu avô, José Ribamar Ewerton, me fez decorar uma fala de sua autoria. Satisfeito com meu rápido aprendizado, mandava me chamar para que a repetisse para os amigos, quando acontecia de se reunirem num armazém defronte à minha casa. Ele me estimulava: – Vamos lá, rapaz, mostra para essa turma que você já sabe dizer o nome completo. Compenetrado, eu repetia tintim por tintim […]


Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


Do Trivial Variado

11 de julho de 2020

Cafeteira e Bolsonaro Qual o traço marcante que vincula o ex-prefeito de São Luís, Epitácio Cafeteira, ao atual Presidente da República, Jair Bolsonaro? Resposta: a fobia às máscaras. Se Cafeteira acabou com as máscaras no carnaval de São Luís, Bolsonaro quer destruí-las em plena pandemia. Noventa anos de Admée Uma majestosa festa estava em preparativo pelos familiares de Admée Duailibe, para a comemoração de seus bem vividos noventa anos, que acontece em outubro deste ano. Se a pandemia continuar furiosamente forte, o evento festivo deverá ser marcado para outra data, mas não deixará de ser jamais realizado. Palavras inglesas Com […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Medicina e Literatura: mais que a vida

11 de julho de 2020

A Academia Nacional de Medicina lançou mão de uma iniciativa genial: um Simpósio sobre Literatura e Medicina, no dia 16 de julho, de 15h às 20h. O simpósio, proposto pelo acadêmico Gilberto Schwartsmann, será coordenado por ele e pelo acadêmico Ricardo Cruz. Serão relatores três membros da Academia Nacional de Medicina: Gilberto Schwartsmann, José de Jesus Camargo e José Osmar Medina; três membros da Academia Brasileira de Letras: Geraldo Carneiro, Domício Proença, Nélida Piñon; uma representante da FioCruz/PUC-RJ, a dra. Margareth Dalcomo. Foi compilada a lista sugerida para o simpósio que será realizado pela Academia Nacional de Medicina. Trata-se de […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Decifrando a eleição de São Luís

11 de julho de 2020

O voto antes de qualquer coisa é um ato de paixão. O eleitor vota por paixão a uma ideia, a um partido ou a uma pessoa. Há quem vote porque um determinado candidato é bonito, porque ele torce para um certo time de futebol, ou por ele passar confiança, mas o eleitor sempre vota motivado pela emoção. Ainda bem que existem eleitores que votam motivados pela busca de um melhor caminho, imbuídos da vontade de acertar ou de errar o menos possível na hora de escolher quem o represente. Procuro estar entre esses. Eu já disse centenas de vezes e […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


O Estado de Direito

11 de julho de 2020

O Estado de Direito garante ao povo o exercício completo dos seus direitos e assim lhe será possível o feliz encontro com a justiça e com a paz social completa. No artigo 1º da Constituição está explicitado que “a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito.” Assim sendo, a República Federativa do Brasil deve ser sempre administrada, dirigida, em cumprimento integral das normas constitucionais e infraconstitucionais. O Estado brasileiro nunca deve ser dirigido, governado, de forma errada ou ilegal diante das normas constitucionais e sem obediência à legitimidade e à legalidade. Para que o Estado brasileiro realmente […]


Ceres Costa Fernandes

Cadeira cerescostafernandes


TEMPOS DE ENCASULAMENTO

9 de julho de 2020

Nos EUA da década de 1990, o termo cocooning, encasulamento (de cocoon, casulo), passou a denominar a tendência de casais, ou mesmo de famílias inteiras, viverem encerrados no conforto de suas casas, com cada vez menos incursões ao mundo exterior. A tendência ganhou o mundo, fortaleceu-se com o advento da Internet, o uso múltiplo do celular, o trabalho em casa, as compras on line e todo o resto que se seguiu. Dirão que falo da classe alta, dos ricos, sim, quanto maior o poder aquisitivo, maior o conforto e não se pode comparar uma casa ampla com espaços privativos com […]