Blog

Academia Maranhense de Letras

Lino Moreira

Cadeira 08


Variedades históricas

23 de fevereiro de 2019

Tenho em mãos o livro mais recente de Luiz de Mello, cujo título é “Variedades históricas maranhenses”, publicado neste início de ano. Este acréscimo à sua já alongada bibliografia não teve lançamento festivo, como já se tornou comum quando o resultado de suas pesquisas históricas e de sua produção literária tornam-se concretos sob a forma de livros de carne e osso, nem obesos nem esqueléticos. Exercendo sua vocação autêntica de pesquisador da nossa história, Luiz vive desenterrando quase-mortos de nosso passado – fatos e pessoas – dando-lhes renovadas vidas, em benefício dos estudos históricos sobre o Maranhão. A fim de […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


A Filosofia explica a realidade completa

23 de fevereiro de 2019

Eu sempre fui e sou admirador da Filosofia. Eu a estudei, como disciplina, nas aulas ministradas pelo professor cônego Ribamar Carvalho no curso clássico no colégio Liceu. Sempre li com muita atenção o livro “Manual de Filosofia” de autoria de Theobaldo Miranda Santos, professor catedrático do Instituto de Educação e da Universidade Católica do Rio de Janeiro. Diante de muitas lições pude constatar que a Filosofia explica a realidade completa. Por isso, recomendo que os jovens e as jovens estudantes se dediquem, em grande parte do seu próprio tempo, à leitura e ao estudo da Filosofia, que é, na realidade, […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


Filhos de governadores

23 de fevereiro de 2019

“Aproveito esse momento invulgar em que os rebentos do atual Chefe de Governo estão em plena e danosa atividade política, para lembrar que no Maranhão alguns governadores chegaram ao poder e chamaram os filhos, não para criarem problemas, mas para ajudá-los na tarefa de gerir a máquina administrativa do Estado” O Brasil atravessa um momento diferente em sua história. Vive-se um tempo em que o Presidente da República, depois de sair consagrado popularmente das urnas, assume o poder e inaugura um estilo de governo inédito na vida brasileira, na qual o destino da Nação resulta do que sai da cabeça […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


Casca de banana e tragédia

16 de fevereiro de 2019

“Existe uma casca de banana por perto de toda grande tragédia.” Graham Greene             A frase acima, do escritor inglês Graham Greene, usei-a algumas vezes nas reuniões preventivas sobre segurança de trabalho, antes das jornadas diárias no ambiente de produção metalúrgica, quando me cabia, como engenheiro, ser o palestrante.             Era repetida aqui e acolá, porque além de seu fácil entendimento continha, em poucas palavras, o apelo à necessária e permanente vigilância de qualquer funcionário diante de desleixos ocasionais que podem ter consequências acumulativas e avassaladoras.             Uma casca de banana, disposta de forma ocasional e aparentemente inofensiva: um laudo […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Resistência à vacina: (velho) novo problema

16 de fevereiro de 2019

Há dois anos o Brasil passou por um dos maiores surtos de febre amarela em décadas. Uma doença praticamente erradicada repentinamente provocou uma emergência com muita desinformação e reações que não ajudaram. Presenciou-se uma busca frenética pela vacinação. Cenas de invasão de postos de saúde foram retratadas nos jornais. Não havia vacinas suficientes nos estados de maior foco da epidemia. Repentinamente, quando foram normalizados os estoques e a vacina, o quadro exibido em diversos canais da mídia foi o de postos de saúde abertos e sem pessoas para vacinar ou em níveis que não atendiam às metas estabelecidas pelas secretarias […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Uma história inesquecível

16 de fevereiro de 2019

Hoje, eu sou considerado Membro Honorário Vitalício da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Maranhão -, o que me faz muito feliz. Fui o seu presidente no período de 1981 a 1983. Em diversos mandatos fui membro do Conselho Federal da OAB representando a seccional maranhense, com sede no Rio de Janeiro e em Brasília. Há muitos anos, em cumprimento ao Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil, eu sugerir e fui atendido pela maioria dos seus conselheiros, que a sua sede fosse transferida do Rio de Janeiro para Brasília, cidade sede dos Poderes da República: Legislativo, Judiciário […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Arrumando a casa!?…

16 de fevereiro de 2019

Passei os dois últimos anos do primeiro governo de Flávio Dino fazendo análises e críticas sobre seu modo de agir politicamente. Indiquei e provei diversas vezes que a mecânica da política se impõe sobre qualquer um e em qualquer caso, não importando quem seja o agente ou sua ideologia. Digo isso para reafirmar que a mera mudança de governante não significa mudança na prática política propriamente dita. É bem verdade que pelo fato do grupo hegemônico anterior ter permanecido muito tempo no poder, a mudança que ocorreu em 2014 se sobressaiu bem mais. Há uma outra coisa que precisa ser […]