Blog

Academia Maranhense de Letras

Ewerton Neto

Cadeira 11


OUTRAMENTO E OUTRAS ARTES

10 de agosto de 2019

Descobri a palavra outramento. Estava fazendo uma pesquisa sobre Fernando Pessoa quando me deparei com esse termo, que me soou bizarro mas,  ao mesmo tempo, instigante. E, mais ainda quando conheci seu verbo correspondente: Outrar-se. Fiquei imaginando como se conjugaria o dito cujo: “Eu outro-me, tu outras-te, ele outra-se…” e por aí vai,  salvando-se quem puder.Se o termo não deve constituir novidade para os especialistas na obra do poeta lusitano imagino que alguns leitores estejam, assim como eu então, querendo saber do que se trata.  Outrar-se é fazer-se de outro, adotar várias personalidades dando-lhes vida e independência como fez Fernando Pessoa com seus muitos heterônimos.Por […]


Ceres Costa Fernandes

Cadeira 39


A TERRA SE ESPREGUIÇA

9 de agosto de 2019

A velha mãe Terra está em fase de achaques novamente. Inquieta sacode-se, retorce-se como se sofresse de incômodos e dores. Um ligeiro espreguiçamento que se lhe acomete a espaços curtos de milhares ou milhões de anos. O tempo da Terra não se conta como o dos homens. É bastante para reacender os alertas do Apocalipse. Falharam as profecias de Nostradamus e de outros menos acreditados, para os anos 1000 e 2000, e a dos Maias, para 2012. Acabaram? Não, continuamos na expectativa. Muitos encontram, nos sinais de fúria da natureza, o castigo contra os desmandos da humanidade, culpam os habitantes do […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


Reformas do Largo do Carmo

3 de agosto de 2019

Este mês, após a inauguração das obras de requalificação da Rua Grande, indiscutivelmente, as melhores e mais completas, do ponto de vista urbanístico, realizadas em São Luís pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, serão iniciadas as obras de revitalização de importantes espaços do Centro Histórico, destacando-se a Praça João Lisboa, o Largo do Carmo e o seu entorno. Pelo que disse a presidente do IPHAN, a competente Kátia Bogéa, na sua palestra na Academia Maranhense de Letras, nas reformas do Centro Histórico, um dos mais importantes exemplares arquitetônicos e históricos do Brasil, há anos abandonado pelas administrações municipais. […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Eu sou brasileiro – nordestino

3 de agosto de 2019

Em 1978, eu estava, como professor da Universidade Federal do Maranhão e incluído no Plano de Capacitação Docente do MEC, cursando o Mestrado em Direito na Universidade Federal de Brasília. Num certo dia, recebi um telefonema do meu eterno amigo e excelente advogado dr. Firmino Ferreira Paz, que me convidou para, no dia seguinte, muito cedo, estar no seu Escritório de Advocacia. Aceitei o convite e cheguei no horário certo. Passados poucos minutos, chegou o jurista dr. Pontes de Miranda, nordestino, e, assim sendo brasileiro, para o qual fui apresentado como maranhense e assim nordestino também. E, logo eu lhe […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Um tradutor para o presidente, please!

3 de agosto de 2019

De tudo que vi e ouvi nas últimas semanas, o que mais me chamou a atenção foi o comentário que o presidente Jair Bolsonaro fez a um de seus ministros. Aparentemente, Bolsonaro usou o termo “paraíba” para se referir aos governadores do Nordeste. Em minha opinião essa expressão traz em si o mesmo sentido de chamarmos militares de “milicos”, palmeirenses de “porcos” ou um cearense de “cabeça chata”! Nada mais!… É bem verdade que isso não é coisa que um presidente da República deva dizer, mas para isso não acontecer nós deveríamos ter elegido no lugar do Bolsonaro o Sergio […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


Rubem Almeida, A Lua e o Apolo

27 de julho de 2019

No último sábado, 20 de julho, cinquenta anos se passaram da chegada à Lua dos astronautas americanos Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins, feito memorável transmitido pelas emissoras de rádio e televisão, que mostraram a tripulação do Apolo 11 fincar a bandeira dos Estados Unidos e a ela prestar continência, façanha aplaudida pelo mundo inteiro, mas suscitou polêmica e controvérsia entre otimistas e pessimistas, em torno da veracidade da inédita missão. Em São Luís, o notável espetáculo astronáutico, visto por um contingente expressivo da população, ganhou auspiciosa repercussão, sobretudo depois que uma figura humana respeitada, da dimensão do professor […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Caminho à Democracia Plena

27 de julho de 2019

A cada dia que passa, vou ficando mais preocupado com o destino do século XXI. A humanidade precisa estar conscientizada dos importantes valores que deve defender para enfrentar dificuldades no plano material e nunca deixar que a liberdade plena seja violada para a satisfação de certos grupos que preferem ficar onde estão, mesmo violando a legitimidade e a legalidade. A liberdade é importantíssima. Sem ela não é possível a prática democrática. Sem democracia não há povo no mundo que consiga viver em paz e desfrutar das vantagens da segurança jurídica. O avanço tecnológico não é o bastante para promover a […]