Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Oratória é arte de falar ao público

1 de agosto de 2020

Os bons oradores, perfeitos, e seus discursos merecem estar sempre nos palcos e em todos os meios de comunicação, mostrando a todas as pessoas o valor do bem contra o mal e dos bons contra os maus através da oratória, que é, sem dúvida, a arte de falar ao público.

Muitas pessoas, hoje, estão sentindo saudades de discursos que ouviram e que ficaram na história como excelentes lições expressando a inteligência e a cultura dos seus autores.

As pessoas jovens, especialmente, estão, hoje, precisando ouvir discursos magníficos revelando-lhes a força e a grandeza da inteligência.

O bom orador sabe orar, trabalhar e estudar e assim vai longe em benefício próprio e também da humanidade. Os bons discursos não devem ser esquecidos. Merecem estar registrados na memória de muitas pessoas e publicados em livros no mundo inteiro, revelando também que os seus autores são merecidamente imortais.

Eu li, com muita atenção e respeito, o livro “Grandes Discursos da História”, da autoria de Hermâni Donato, que reúne 19 obras-primas do Gênero, discursos famosos que remontam a diversas épocas históricas – da antiguidade clássica e dos tempos bíblicos à segunda Guerra Mundial.

No livro, acima citado, estão discursos pronunciados por Catão, Cícero, Jesus Cristo, São Francisco de Assis, Fernando Cortês, Pascal, Bussuet, Antônio Vieira, Napoleão, Rui Barbosa, Churchill e outros, que merecem estar e estão na eternidade.

Muitos brasileiros e muitas brasileiras fizeram e fazem magníficos discursos. Aqui, hoje, não há espaço suficiente para eu citar os nomes de todos. Por isso, não quero cometer nenhuma omissão, pois conheço muitos nomes e, inclusive, de maranhenses, que merecem estar sempre em destaque em jornais, revistas, televisões, rádios e em livros.

A formação educacional é a base do melhor para que cada pessoa possa realmente crescer através de suas qualidades intelectuais O valor completo, perfeito e essencial de cada pessoa no seu meio social está na sua inteligência expressando a sua formação educacional iniciada na família, nas escolas, em diversos cursos, em vários níveis, de graduação e de pós-graduação.

A instituição mais importante no mundo é a família, pois nesta começa a educação e que cresce nas diversas escolas e nas diversas universidades. Os pais e as mães devem ensinar o melhor para os seus filhos e para suas filhas. Assim, a família inteira poderá ter inclusive filhos e filhas como excelentes artistas falando ao público através de oratória no seu mais elevado nível.

É muito importante ser orador, pois é, através da oratória, que ele cresce muito e é assim aplaudido e se torna inesquecível.

Na oratória está a revelação da certeza de que ela teve o seu início logo após o nascimento do orador e que cresceu muito através dos estudos que ele realizou e continua realizando. Na oratória estão, sem dúvida, bem unidas a inteligência e a cultura do seu orador.

Os bons oradores sabem pensar, sentir, ouvir, escrever e falar. Quando falam, são bem ouvidos, conhecidos e aplaudidos por todas as pessoas, que estejam realmente querendo ouvir um excelente discurso.

Finalmente, aqui, peço a Deus que ilumine o caminho de todos os oradores a fim de que prossigam usando da oratória como meio adequado para continuar crescendo.