Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Eleição na Academia Maranhense de Letras

23 de novembro de 2019

No próximo dia 28 do mês em curso, às 17 horas, será realizada eleição da nova Diretória e da Comissão Fiscal da Academia Maranhense de Letras, para o biênio 2020-2022.

Somente foram registrados objetivando a eleição, acima citada, os imortais: Diretoria: presidente: Carlos Gaspar, vice-presidente: Lourival Serejo, secretário-geral: Sebastião Moreira Duarte, 1º secretário: José Ewerton Neto, 2ª secretária: Laura Amélia Damous, 1º tesoureiro: Joaquim Haickel, 2º tesoureiro: José Neres; Comissão Fiscal: José Carlos Sousa Silva, Alex Brasil e Natalino Salgado.

Após a realização da eleição, acima mencionada, os eleitos serão empossados e passarão ao cumprimento de suas atribuições previstas no Estatuto e no Regimento Interno da Academia Maranhense de Letras, fundada a 10 de agosto de 1908 por Antônio Lobo, Alfredo de Assis Castro, Astolfo Marques Barbosa de Godóis, Correia de Araújo, Clodoaldo Freitas, Domingos Barbosa, Fran Paxeco, Godofredo Viana, I Xavier de Carvalho, Ribeiro do Amaral e Armando Vieira da Silva.

A Academia Maranhense de Letras é pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômico e para o seu funcionamento não tem prazo determinado e tem por finalidades o desenvolvimento da cultura, a defesa das tradições maranhenses e o intercâmbio com os centros de atividades culturais do Brasil e do exterior.

Assim sendo, a Academia Maranhense de Letras é, sem dúvida, merecedora do apoio completo, integral, permanente, do povo maranhense, em especial, do povo brasileiro em geral e ainda mais de outros povos no mundo inteiro.

Diante de tudo isso, a Academia Maranhense de Letras, até hoje, tem sido composta por imortais e assim segue somente fazendo o bem em defesa da inteligência e da cultura a fim de que ambas sejam eternas especialmente.

Eu quero, aqui, registrar o meu respeito e a minha admiração diante do que já realizou o dr. Benedito Bogéa Buzar, na presidência da Academia Maranhense de Letras, onde estão marcas de sua inteligência, cultura, honestidade, cordialidade com todos os seus confrades e com todas as suas confreiras e assim também diante de todas as pessoas dignas desse tratamento perfeito.

Eu também quero, aqui, registrar a minha aceitação, completo apoio, e mais a certeza de que estou realmente convicto de que o dr. Carlos Thadeu Pinheiro Gaspar, que nasceu em Viana, no Estado Maranhão, em 5 de dezembro de 1939, fará uma magnífica administração na Presidência da Academia Maranhense de Letras, onde é imortal e ocupante da Cadeira nº 26, cujo patrono é Antônio Francisco Leal Lobo e que tem como fundadora Laura Rosa.

Além dessa realidade incontestável, o presidente dr. Carlos Thadeu Pinheiro Gaspar terá sempre ao seu lado o apoio da inteligência, da experiência, da cultura, e da honestidade do seu vice-presidente dr. Lourival de Jesus Serejo Sousa e de todos os demais imortais e assim membros efetivos da Academia Maranhense de Letras, que é, sem dúvida, palco eterno, retrato perfeito, do povo maranhense.

José Carlos Sousa Silva

Advogado, jornalista e professor universitário, membro da Academia Maranhense de Letras

E-mail: jcss@elo.com.br