Blog

Academia Maranhense de Letras

José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


Aqui estou e nunca vou sair

30 de novembro de 2019

A cidade São Luís, Capital do Maranhão, é muito linda. Nela não nasci, porém nela muito cresci e de dentro dela nunca vou sair.

Ela é berço de muitos Imortais. Não é apenas palco de uma arquitetura lindíssima e assim revelando sempre a inteligência e a cultura de muitos franceses e portugueses, apoiados e aplaudidos por todos os maranhenses.

Nela nasceram José Ribeiro do Amaral, Antônio Batista Barbosa de Godóis, Inácio Xavier de Carvalho, Antônio Francisco Leal Lobo, Raul Astolfo Marques e Armando Vieira da Silva, os quais estão entre os Fundadores da Academia Maranhense de Letras, fato concretizado em 10 de agosto de 1908.

A cidade São Luís é merecedora sempre de destaque em conseqüência da sua beleza e da sua riquíssima história. Está, assim, numa Ilha muito linda e expressando sempre a força eterna da Natureza, que é obra de Deus.

Assim, a cidade São Luís merece destaque e colocada em perfeitas reportagens e divulgadas em todos os meios de comunicação no território brasileiro, em especial, e inclusive no mundo inteiro.

Ela é Patrimônio Cultural da Humanidade. É também, sem dúvida, berço da inteligência humana e da cultura de muitas pessoas que nela nasceram e cresceram. Assim receberam e continuam recebendo aplausos em conseqüência de suas magníficas produções nas artes, na literatura, em especial, e nas ciências.

Eu recebi muitos convites para residir e trabalhar em outras cidades, porém não os aceitei. Preferi continuar residindo e trabalhando em São Luís, que muito amo, respeito e admiro diante de sua história, de sua arquitetura e de sua natureza completa numa belíssima Ilha.

Em 8 de setembro de 1612, a cidade São Luís, hoje, Capital do Maranhão, foi fundada por franceses e foi ampliada por portugueses e, por último, por maranhenses inteligentes e cultos, e assim estão, até hoje, incluídos entre os melhores brasileiros.

A velha cidade São Luís é muito linda. A sua Praia Grande nos revela o seu início comercial e residencial.

A sua Rua Grande permanece grande e bela. As suas Praças Deodoro, Gonçalves Dias, João Lisboa e Benedito Leite são belezas eternas. Também as suas outras Ruas: do Egito, da Paz e do Sol, que nos conduzem à beleza e à sua riquíssima história, incluindo-se nesse mesmo quadro a Avenida Pedro II, onde estão, até hoje, lindas construções e paisagens.

Todas as Igrejas construídas na cidade São Luís são lindíssimas e são palcos permanentes dos que transmitiram, transmitem, acreditaram, acreditam, aceitaram, aceitam e assim seguem obedientes às lições de Deus.

O Palácio dos Leões e o Convento das Mercês são retratos perfeitos da grandeza da inteligência e da cultura dos que os construíram.

A verdade sempre foi e continua sendo Universal. Pode estar dentro ou fora do homem, entre conhecimento e coisa conhecida, sempre teve importância merecida.

Ela revela do homem a inteligência, e de cada coisa a sua realidade, assim foi, é e será sempre. Não faz mal a ninguém, só faz o bem. A certeza adere à verdade, e a verdade revela a certeza. É muito importante tal unidade, que planta e colhe bons resultados.

Peço a Deus que todos os brasileiros e todas as brasileiras permaneçam numa união perfeita, pura, verdeira, e assim reconheçam a beleza eterna da cidade São Luís, capital do Maranhão.

José Carlos Sousa Silva

Advogado, jornalista e professor universitário, membro da Academia Maranhense de Letras

E-mail: jcss@elo.com.br