Blog

Academia Maranhense de Letras

Ewerton Neto

Cadeira 11


100 metas em 100 dias

3 de fevereiro de 2019

O novo presidente, começou 2019 apresentando 100 metas para serem executadas em 100 dias.  A julgar pelo que já se constatou antes, vejamos como os executores  dos projetos estão se virando para poder cumpri-los.

 1.Combate a fraudes no INSS. Revisar cerca de 6,4 milhões de benefícios. A MP 871 já foi publicada.

Ação. O ato de respirar passará a ser considerado um benefício doado pelo Governo. Os executores acreditam que  seja muito mais fácil extrair dinheiro do povo cobrando imposto pelo ar que se respira do que revisar 6,4 milhões de casos de invalidez.

2.Reduzir a máquina administrativa.

Ação. Ao invés de extinguir 21 mil funções comissionadas a “Máquina” será reduzida eliminando máquinas de ar  condicionado, de computação, máquinas de cortar grama, máquinas de calcular e demais máquinas.

3.Lei anticrime. Esse projeto de lei será criado para aumentar a eficácia no combate ao crime organizado.

Ação. Como o combate é ao crime organizado e não ao desorganizado, os crimes de bala perdida passarão a serem considerados crimes organizados e uma nova lei será criada: “Se alguém for morto por bala perdida, a partir de agora a bala terá de ser identificada e presa. “

4.Operação Lava-Jato. Melhoria da capacidade através da recomposição e aumento da estrutura.

Ação. Para isso a Operação Lava-Jato terá seu nome mudado para Operação Lava-Transatlântico.

5.Passaporte. Retirada do brasão atual para fortalecer  a identidade e o amor à pátria.

Ação. O Hino Nacional cuja cantoria em jogo de futebol hoje é a maior demonstração cívica brasileira coletiva, passará a ser cantado em missa de sétimo dia, casamento e até na louvação do pôr-do-sol em Copacabana.

6.Cargos no Governo. Impedir o loteamento político de cargos públicos adotando critérios objetivos de nomeação.

Ação. A partir de agora o loteamento será feito através de leilão,  em sessão restrita a políticos e empresários. Lances só a partir de uma BMW

 (isso será feito para evitar rachadinhas e sucessivos depósitos de 2 mil à la Queiroz / Flávio).

8.Campanha nacional de prevenção ao suicídio. Programar ações de conscientização.

Ação. O porte de armas, já aprovado, será um avanço nesse sentido. Ao invés de recorrer a armas brancas o suicida poderá utilizar armas de qualquer cor, o que, já será um passo do Governo contra a discriminação racial.  

9.Educação Domiciliar. Regulamentar o direito à Educação Domiciliar.

Ação. Programas da tevê serão regulamentados como educação domiciliar. A educação sexual, por exemplo, será reconhecida, através da audiência a programas como o  BBBrasil. Teoria e prática.

10.Bolsa-Atleta. Modernizar o programa para maior estímulo.

Ação. Identificar e aproveitar o potencial de jovens atletas, que se destacam em corridas. Terão direito a bolsa aqueles que já batem recordes no dia a dia das ruas, ou correndo para assaltar alguém ou fugindo dos ladrões.