Blog

Academia Maranhense de Letras

Ewerton Neto

Cadeira 11


NANOTECNOLOGIA À LA BRASIL

16 de julho de 2017

Nanotecnologia, para quem não sabe,  é uma ciência que, em linhas gerais, se preocupa em desenvolver equipamentos minúsculos, mais especificamente, a criação de motores e máquinas em escalas microscópicas. Daí que a descoberta do primeiro motor molecular artificial, um bilhão de vezes menor que um comum, foi anunciada anos atrás. Ora, se já foi construído um motor assim, imagine o que não se poderia descobrir, nesse tamanho,  para resolver os gigantescos problemas que nos afligem. Quem sabe não seja por aí. Formiguinhas em vez de elefantes brancos. 1. Mini Documentação. Para que tanto papel, tanta assinatura, tanta senha? É carteira […]


Lino Moreira

Cadeira 08


Fácil entender

15 de julho de 2017

Não gostar de alguém não é argumento a justificar o atropelo da lei Tornou-se chato o enjoativo mantra chamado “É conspiração contra a Lava-Jato”. Tudo sobre o que os fanáticos da força-tarefa sediada em Curitiba têm a mais longínqua suspeita de contribuir com a suposta liquidação das atividades de combate à corrupção pelo grupo provoca-lhes, como nos cachorros de Pavlov, volumosa salivação. O célebre médico russo fez o experimento de invariavelmente tocar uma sineta, quando alimentos lhes eram oferecidos. Depois de certo tempo, mesmo na ausência de oferta de alimentação, bastava tocar a sineta para provocar nos animais a salivação. […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


A bondade ainda impacta

15 de julho de 2017

Apóstolo Paulo nos conclama a exercer a bondade em todo o tempo Uma cena chamou a atenção do mundo esta semana. Uma família de nove pessoas foi salva por uma verdadeira corrente humana que se formou numa praia nas proximidades de Orlando, nos Estados Unidos. As pessoas se deram as mãos uma a uma até alcançarem aqueles que precisavam ser resgatados. As imagens estamparam as mídias sociais e emocionaram a muitos. São gestos como esses que nos fazem lembrar que o ser humano, apesar de tudo, guarda em si o germe da bondade. Na homilia, pregada por ocasião do feriado […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Uma análise política espacial

15 de julho de 2017

Na democracia americana, a distância entre as duas posições ideológicas são tão tênues Durante toda minha vida sofri imensa pressão, dos outros e até mesmo de mim, para que assumisse posições de esquerda, para que agisse como aquelas pessoas que estão sempre insatisfeitas com tudo, sempre preparadas para reformar algumas coisas. Coisas essas que, na maioria das vezes, elas nem realmente conhecem ou entendem. É inegável que o charme e o apelo popular do pensamento de esquerda são muito maiores que o de direita ou mesmo o conservador. Nem vou tentar justificar o motivo de ser mais charmoso e sedutor […]


Benedito Buzar

Cadeira 13


Agressões Verbais e físicas nos Parlamentos

15 de julho de 2017

Dias atrás, um violento bate boca entre dois vereadores, representantes do povo de São Luís na Câmara Municipal, por pouco não extrapola para o campo da agressão física. Protagonistas daquela deplorável cena, os vereadores Beto Castro e Honorato Fernandes, depois de trocarem acusações sobre problemas nada éticos, só não se atracaram pessoalmente porque a turma do deixa disso entrou em ação. Se alguém imagina que fatos como o aludido acima só ocorrem nas Câmaras Municipais é porque desconhece a história do parlamento brasileiro, cuja trajetória é permeada de cenas em que agressões verbais, pela sua trivialidade, derivam em lutas corporais. […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


FÊMEA MAIS ISSO OU AQUILO

9 de julho de 2017

De algum tempo para cá a invenção de nomes para isso ou aquilo passou a interessar mais do que isso ou aquilo. Para falarmos apenas no que se refere à mulher, o nome  fêmea parece ter sido reabilitado para dourar algumas questões para as quais não se encontra solução. Mais ou menos como as leis,  que por aqui são recriadas sob o suposto de que basta mudar as palavras para resolver o fato de que ninguém as cumpre. Assim, se tornou comum a expressão  FEMINICÍDIO  para referir-se a assassinato de mulheres, quando já  havia para isso a palavra homicídio que […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Viva a Baixada!

8 de julho de 2017

A Baixada, a despeito de todos os maus -tratos, vive e resiste Na semana passada, fui alcançado por diversas mensagens de baixadeiros que se identificaram com o artigo que aqui publiquei, constatando que há naquela região uma terra santa. Fiz referência ao meu torrão natal, minha amada Cururupu; mas diversos leitores me disseram que a descrição que apresentei os fez recordarem de suas próprias cidades natais, dadas as semelhanças dos aspectos geográficos que irmanam cada uma das cidades da Baixada Maranhense. Uma obra que também pode fazer surgir esse amálgama de sentimentos, por elencar uma série de escritos de elementos […]