Blog

Academia Maranhense de Letras

Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


E por falar em bares

11 de janeiro de 2020

Oportuna e interessante a matéria publicada neste jornal, na semana passada, da autoria do jornalista Thiago Bastos, com o título: “Da boêmia à juventude e elemento de nostalgia: a tradição dos bares”, reportando-se sobre os estabelecimentos da capital maranhense, que conseguem atrair clientes, para o desfrute de momentos agradáveis em ambientes aprazíveis e apropriados para um bom papo, ouvir boa música e degustar saborosos petiscos, a exemplo do Bar do Léo, no Vinhais, e no Bambu Bar, no Sá Viana. Concluída a leitura da reportagem, não resisti ao impulso de retroagir e lembrar do passado, quando em São Luís pontificavam […]


Joaquim Haickel

Cadeira 37


Temporada de premiação

11 de janeiro de 2020

No último domingo, dia 5, o Globo de Ouro deu início à temporada de premiações do cinema americano, que além deste evento, organizado pela Associação de Jornalistas Estrangeiros de Hollywood, conta com pelo menos mais outras sete festas de consagração dos profissionais da indústria cinematográfica. O Globo de Ouro é um dos mais importantes eventos dessa natureza, ficando atrás do Oscar, dos festivais de Cannes, Veneza, Berlim, além do Britânico, e é tão importante quanto o Screen Actors Guild Awards e o Critics’ Choice Awards, promovidos respectivamente pela associação de atores de Los Angeles e pela associação de críticos de […]


José Carlos Sousa Silva

Cadeira 33


O Maranhão é fonte de riquezas para o Brasil

11 de janeiro de 2020

O Maranhão é um dos Estados, que formam, pela união indissolúvel, a República Federativa do Brasil. É, sim, um Estado que tem, sem dúvida, espaço adequado para o crescimento permanente do modelo econômico na expansão da produção agrícola em geral e da industrialização perfeita de suas verdadeiras produções no seu imenso território. O Estado Maranhão tem, como limites, o Oceano Atlântico, o Piauí, o Tocantins e o Pará, que são, na realidade geográfica, no território brasileiro, seus excelentes vizinhos, os quais lhe têm propiciado sempre posição excelente e lhe oferecendo a certeza da união perfeita no desenvolvimento do bem-estar de […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Mente sã, corpo são

11 de janeiro de 2020

“Suponho o espírito humano uma vasta concha, o meu fim, Sr. Soares, é ver se posso extrair a pérola, que é a razão” (Simão Bacamarte, O alienista, de Machado de Assis). A epígrafe deste artigo é atribuída ao poeta romano Juvenal, como um dos pedidos que deveriam integrar a oração de todas as pessoas. Ambos – corpo e mente – se completam e, no entender do poeta, uma vez saudáveis, são a receita para uma vida feliz. Ainda é do poeta Juvenal, Satira X, a citação, Mens sana in corpore sano, ou seja, uma mente sã num corpo sadio. O […]


Ewerton Neto

Cadeira 11


2020 PEDE GARANTIAS

11 de janeiro de 2020

artigo publicado no jornal O estado do Maranhão Ao contrário do que muita gente pensa, o Ano Novo não é o mesmo para todo mundo, ou  seja, o Ano Novo do brasileiro, não é o mesmo do Ano Novo do chinês ou do esquimó. Os Anos Novos têm personalidades diferentes, influenciadas pelos que vivem sobre o solo das nações a que chegam. Por isso, sempre é vital uma conversa antecipada entre ambos, antes da posse, para que o empossando se previna, mais ou menos, do que poderá acontecer.ANO NOVO–  Prazer em conhece-lo Ano Velho!ANO VELHO – Esse prazer não pode ser maior que o […]


Benedito Buzar

Cadeira beneditobuzar


Patriotas e Filantropos

4 de janeiro de 2020

Art. 1 – Todo indivíduo que se intitular patriota ou provar que o seja, pelas suas palavras, escritos, ações e pensamentos, pena de quatro a doze anos de prisão, com trabalho. Nesta classe entram os pais da pátria, os mártires da liberdade, defensores das liberdades públicas, etc. Art. 2 – Todo aquele que se intitular de filantropo ou se provar que o seja, pelas suas palavras, escritos, ações e pensamentos, pena de seis a doze anos de enfermaria privada no hospital. Nesta classe entram os defensores da humanidade oprimida, os pescadores de almas perdidas, etc. Este projeto de lei não […]


Natalino Salgado

Cadeira 16


Como será o amanhã?

4 de janeiro de 2020

O início de uma nova década inspira nossas expectativas sobre os avanços da ciência, em todas as áreas, e nos instiga a pensar sobre quais serão as grandes conquistas que teremos a sorte de compartilhar. A medicina, uma de minhas áreas profissionais, passou por progressos espetaculares que fariam justiça à frase de Arthur Clarke, escritor de ficção científica, autor da obra 2001, uma odisseia no espaço: “Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia”. Eu mesmo sou testemunha das primeiras máquinas de hemodiálise que, comparadas às de hoje, são algo tão primitivo, que custa acreditar que elas funcionavam. Isso num […]