biblioO acervo da biblioteca Astolfo Marques, da Academia Maranhense de Letras, destinada a reunir e manter o acervo bibliográfico maranhense mais completo possível, compõe-se, aproximadamente,de 6 mil títulos. Do total, cerca de 200 títulos se referem a obras de arte, a exemplo de álbuns fotográficos, gravuras, etc.

 
Contam-se, ainda, diversas obras de referências, cabendo fazer destaque de enciclopédias e dicionários do século XIX, obras raras dos séculos XVII, XVIII e XIX, em particular as de origem portuguesa e francesa, e coleção de originais manuscritos dos séculos XIX e XX. Algumas das primeiras edições são:

  • 1) O mulato, de Aluísio Azevedo, de 1881.
  • 2) Obras, de João Lisboa, de 1864-1865, em 4 volumes.
  • 3) História da Independência do Maranhão: 1822-1828, de Luís Antônio Vieira da Silva, de 1862.
  • 4) Pantheon Maranhense: Ensaios biographicos dos maranhenses illustres já falecidos, de Henriques Leal, de 1874, em 4 volumes.
  • 5) Annaes históricos do Estado do Maranhão, de Bernardo Pereira de Berredo Castro, de 1749, impresso em Florença, obra que serviu de referência a Robert Southey e Varnhagem. Há também as outras três edições dos Annaes.

O acervo da Academia tem ainda extensa camoniana com títulos de Camões e sobre Camões.

Segundo o disposto no Regimento Interno (art. 63, § 2º), as consultas ao acervo por pesquisadores dar-se-ão na própria Biblioteca, mediante prévio preenchimento de formulário específico. Somente aos acadêmicos poderão ser emprestadas obras, excluídas as classificadas como raridades bibliográficas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *