Outono estação de amor

MANOEL CAETANO BANDEIRA DE MELLO, a quem já defini como poeta de minha geração maranhense, está na fase em que o criador literário tem ao mesmo tempo o domínio de seu ofício e o domínio da vida.
A vida, que é uma adivinhação na juventude, constitui um acervo de experiências profundas, sempre que entramos na maturidade. O que, ontem, era intuição, passa a constituir vivência acumulada, que se exprime dispensando a fantasia, para nutrir-se de recordações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras