O Viúvo

Frases enxutas de clara sintaxe, capítulos breves, tradicionalmente associados à agilidade e à leveza, dis¬simulam o caos e a desintegração do narrador. Entre um segmento e outro, há falso prenúncio de passagem e de mudança. No entanto, não muda nada. O sujeito que narra e vítima de aprisionamento e vive um distúrbio sem remissão.
Somos jogados no interior do protagonista, no amargurado funciona¬mento de sua mente, E só aos poucos surgem esclarecimentos mínimos sobre sua profissão e a perda da mulher, possível causa, ou agravante, de sua condição. Na seqüência dos fragmentos, o que se impõe é determinada forma de apreensão da realidade, a particularidade de uma percepção do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras