Interlúdio Pós-modernidade, Direito e Sociedade

Em um destes dias de sábado, quando São Luís mergulha no amortecimento vespertino, e as raras pessoas que saem de casa ocupam apenas as praias e os shoppings, obriguei-me a ir ao centro da cidade, por uma razão meramente profissional.

Sentado à porta de um antigo sobrado, residência de um velho professor, aguardando o livro raro do qual necessitaria para uma aula na universidade, larguei-me a observar as ruas desertas, com suas ladeiras, suas moradas – inteiras e meias – seus sobrados e suas porta-e-janelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras