Texto de Ubiratan Teixeira será remontado pelo Cacem

Vela ao crucificado, um dos mais significativos textos de Teixeira, ganha readaptação assinada por Josimael Caldas e será apresentado hoje, às 18h.
\"O

O encerramento das homenagens a Ubiratan Teixeira acontecerá às 18h, por meio da apresentação do espetáculo Vela ao Crucificado, texto de autoria de Ubiratan Teixeira, que foi adaptado para o teatro por Wilson Marques e terá readaptação de Josimael Caldas, trazendo no elenco alunos do terceiro período do Cacem.

A obra também ganhou destaque nacional ao ser adaptada para o cinema por meio do curta-metragem homônimo dirigido por Frederico Machado em homenagem a Teixeira, em 2009. No curta, os atores maranhenses Auro Juricê e Elza Gonçalves interpretaram os principais personagens da trama.

Vela ao Crucificado narra a história de Luciano, um homem muito pobre que é casado com Clarice e pai de dois filhos. Em um momento inoportuno, atípico e que descreve o total desnível da natureza, um dos filhos do casal morre, o que lhes traz grande tristeza e sofrimento. Na angústia de não ter, sequer, dinheiro para enterrar o filho dignamente, o casal decide enterrá-lo como um indigente, envolto em pedaços de pano e retalhos de jornal. Diante disso, os vizinhos do casal ficam boquiabertos com a situação de miséria e pela forma como a criança foi enterrada e começam uma perseguição psicológica aos pais.

Readaptação – Segundo Josimael Caldas, sua readaptação valorizará o texto original de Ubiratan Teixeira. “Esse texto já teve duas adaptações: uma para o teatro e outra para o cinema. Farei a terceira, mas como ênfase no texto original de Ubiratan, mesclando pontos que ele mesmo fez questão de destacar em sua obra”, afirmou.

Em cena, Jailson Rodrigues (Luciano), Geysiana Lamar (Clarice), Jefferson Prado (Doutor), Maria Benta (Firmina), Kildson Barvosa (Carlos) e Jadsuel Monteiro e Ednéa Serra (vizinhos) dividirão o palco com o corpo de baile formado por Anderson Marinho, Jéssica França, Rita Caldas e Gabriel Marlen.

O espetáculo incorporará elementos das artes visuais, música, dança, expressão corporal e interpretação. Todo o trabalho de pesquisa sobre a vida de Ubiratan Teixeira foi organizado por seu filho, Ubiratan Teixeira Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras