O Brasil e a partição do Mar-Oceano

O achamento ou descobrimento da ilha de Vera-Cruz, por Cabral, em 1500, às primeiras luzes do alvorecer da idade moderna, tenha ele sido casual ou não, como ainda discutem os estudiosos, deve sem dúvida, depois de passados cinco séculos de sua ocorrência e durante os quais, a contar da minuciosa descrição dele feita na carta de Pedro Vaz de Caminha, tem sido esmiuçada e exaustivamente descrito, não por dezenas ou mesmo centenas, mas por milhares de historiadores, e não só portugueses ou brasileiros e sim também estrangeiros – deve, repetimos, ser lembrado, neste seu quinto centenário, não como mais um evento na sequência cronológica dos chamados. Descobrimentos Marítimos, e que apenas marcaria no tempo o ingresso do Brasil nas páginas da História e, sim, recordado, estudado e ensinado pelo que terá realmente significado para o Homem não só no instante em que ocorreu, mas no curso de sua marcha evolutiva através dos tempos é até hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras