Antônio Batista Barbosa de Godóis

Biografia

Antônio Batista Barbosa de Godóis nasceu em São Luís, a 10 de novembro de 1860 e faleceu no Rio de Janeiro, a 4 de setembro de 1923. Bacharel em Direito pela Faculdade de Recife, em 1884. De regresso à sua terra natal, exerceu as funções de procurador da Justiça Federal no Maranhão, professor, promotor público, jornalista, deputado, funcionário público, homem de governo. Mas o que mais lhe deu imortalidade ao nome foi a renovação educacional que lhe confiou Benedito Leite, na passagem do século, movimento de que resultou a reforma da Escola Normal e o funcionamento da Escola-Modelo do Maranhão, onde exerceu o magistério com incomum proficiência. Integrou-se no movimento cultural que visava a sacudir o Maranhão do torpor em que se afundava, colaborando ativamente na imprensa e publicando excelentes monografias sobre educação. Embora não se lhe atribua talento poético, Barbosa de Godóis compôs a letra do Hino Maranhense, poema de razoável beleza, musicado pelo maestro Antônio Rayol. Educador de indiscutíveis e admiráveis méritos, tinha nesse campo suas atividades de eleição, merecendo atenção especial o vanguardismo de suas ideias didático-pedagógicas, fato inequivocamente comprovado pelo tema predominante de sua bibliografia e pelo patrono que, ao fundar a Cadeira nº 1 na Academia Maranhense de Letras, escolheu: Antônio de Almeida Oliveira, jurisconsulto, político, homem de Estado e pedagogista maranhense.

Bibliografia

  1. Instrução cívica – Resumo didático. Maranhão: 1900, III + 272 p.
  2. Síntese da história da educação. São Luís, 1900.
  3. Cantos escolares. São Luís, 1900.
  4. Um programa de história. São Luís, 1900.
  5. História do Maranhão. Maranhão: Tip. Ramos d’Almeida, 1904, 2 v., 551p.; 2ed.:  AML/EDUEMA, 2008, 1 v., 366p.
  6. Escrita rudimentar. São Luís, 1904.
  7. À memória do Dr. Benedito Pereira Leite. Maranhão, 1905. 86 p.
  8. O mestre e a escola. Maranhão: Imp. Oficial, 1911, 130 p.
  9. Higiene pedagógica. São Luís, 1914.
  10. Os ramos da educação na Escola Primária. São Luís, 1914.
  11. Dr. Almeida Oliveira. Elogio Acadêmico, in Revista da Academia Maranhense de Letras. V. 1. São Luís, 1919, p. 107-125.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carrinho de compras